05/01/2016

Por falar em saldos...


Por falar em saldos e visto que estamos na época deles, é altura ideal para comprar aquela peça de roupa, ou aqueles sapatos que temos em mente desde que chegou a colecção de inverno. Cada vez se nota mais que as coisas estão mais caras e a qualidade já não é o que era. É mesmo nisso temos que redobrar a atenção, visto também que existem muitas fraudes como muitos de nós já temos visto pelas redes sociais. Temos que andar a par do preço das peças que temos em mente.



Hoje em dia, recorro cada vez mais ao site http://www.kuantokusta.pt/ para ver onde posso fazer a melhor compra fora da época da saldos, mas claro há que saber fazer as contas do preço final porque por vezes o valor dos portes acaba por não compensar, mas torna-se num bom aliado mesmo assim.

Deixo-vos algumas dicas para que possam ter em atenção nesta época, em que temos tendência a cair em tentações desnecessárias, só porque comprar roupa faz bem à alma!


1. Adequar-se à realidade

Se este ano não temos nenhum casamento, nenhuma festa formal não vale a pena investirmos em peças que apenas poderemos usar em épocas festivas, afinal os saldos não servem para perdermos a cabeça, temos que saber realmente, aproveitar esta época para as coisas que realmente precisamos.

2. Levar dinheiro

Quando pagamos por cartão não temos a real noção do que estamos a gastar, apenas apresentamos o cartão e os colaboradores da loja tratam de fazer o resto. Mas para termos uma pequena realidade daquilo que estamos a gastar convém primeiro estabelecer uma meta e levar essa quantia em dinheiro. É a melhor forma de moderar os gastos.



3. Serve?

Não vale a pena investir em peças a pensar nos 5kg's que vamos perder, só nos estamos a enganar a nós próprios, porque afinal vamos apenas comprar o que nos faz falta. Se perdermos peso, iremos ter que investir posteriormente. Comprar tamanhos a baixo não nos vai animar a fazer dieta, vai sim criar falsas expectativas e a roupa vai acabar por apodrecer no armário. O mesmo serve para os sapatos, por muito bonitos que sejam devemos comprar o tamanho certo.

4. Não se deixe levar

Os saldos são realmente muito tentadores, não vale a pena comprarmos sem termos de experimentar só para fugir à confusão, tem mesmo que ser. Temos que experimentar, ver como nos sentimos com a peça, ver se realmente assenta. Ver a peça é uma ilusão, não há nada como sairmos da loja com a certeza de que fizemos a compra ideal!

5. Procure por qualidade

Ás vezes é preferível investir em peças de lojas mais caras e comprar ao preço que possivelmente numa outra loja estaria a preço normal, do que comprar nas lojas mais baratas. Ás vezes o ''barato sai caro'', quem nunca comprou uma camisola a um preço delicioso e a primeira vez que foi à máquina ficou com buraquinhos? (Euuuuu) Mas claro, nem sempre o mais caro é sinónimo de qualidade, porque mesmo as grandes marcas vem com o famoso ''Made in China'' ou ''PRC''. Saibam ver a qualidade!

6. Inspecionar os artigos

Muitas vezes nesta altura as lojas ficam numa confusão tremenda, e por vezes as peças ou outros artigos não se encontram em perfeito estado, é preferível perder mais um bocadinho de tempo a inspecionar os artigos do que comprar com defeito.

7. Fazer uma lista

É mais fácil para controlar o orçamento fazendo um levantamento daquilo que nos faz faltar e precisamos com alguma urgência renovar.










4 comentários:

  1. Cada vez tenho mais cuidado com aquilo que compro nos saldos!

    beijinho,
    priceless-ambition.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nos dias de hoje convém mesmo ter um cuidado redobrado!

      Beijinho :)

      Eliminar